10 anos depois…

O Rally de Tábua (5 e 6 julho), marcou o regresso à competição, da equipa nelense, Luís Borges/José Figueiredo, após uma paragem de 10 anos.
Numa Prova, em que ambos referiram, que apenas iriam participar para recordar “velhos tempos” e para se divertirem, visto não terem feito qualquer treino, foi notório que a equipa não se apresentou em Tábua, apenas para “passear”. Cedo começaram a impor um ritmo forte, no meio de um batalhão de carros bem mais competitivos.


Apesar da falta de ritmo competitivo, inerente a uma paragem tão prolongada, especial, após especial, foi sendo visível que “quem sabe, não esquece” e a agressividade da condução, foi sendo cada vez maior, chegando a registar tempos, entre os 15 primeiros, na última especial de classificação. O 22º lugar da geral e o 9º entre os carros de tração dianteira, acaba por ser um bom registo, para quem vem de uma paragem tão prolongada.
No entanto, esta aparição no Rally de Tábua, não significa o regresso permanente da equipa nelense, à competição, mas sim, uma participação pontual, ficando em aberto, segundo Luís Borges, um eventual regresso no Rally de Góis, agendado para o mês de Novembro.
Neste regresso, à competição, a equipa contou com o apoio incondicional da BorgeSport e do Stand JC Automóveis.