2020

Alexandre Borges com desfecho inglório em Montalegre

“Morrer na praia”, é possivelmente a expressão que melhor define a prestação do piloto da Nelasport, em Montalegre. “Ser forçado a desistir, quando rodava em 3º e com o pódio praticamente certo, a pouco mais de 100 metros da bandeira de xadrez, não é uma “ementa” fácil de digerir”, lamenta Alexandre Borges.
Mas vamos ao resumo do fim de semana.
Com duas corridas de qualificação agendadas para a tarde de sábado, o jovem piloto nelense entrou determinado em ser um dos protagonistas do fim de semana, averbando logo a 3ª posição, da sua série, na qualificação um, garantindo assim um lugar na primeira linha da grelha de partida, para a corrida seguinte. Na segunda e última qualificação do dia, esteve irrepreensível, assumindo a liderança da sua série, desde a primeira volta, até ao cair da bandeira de xadrez, registando ainda a volta mais rápida, tempo que permaneceu imbatível, ao longo de todo o fim de semana.
A manhã de domingo, estava reservada para a terceira corrida de qualificação, onde mais uma vez, a equipa demonstrou estar determinada, terminando na 2ª posição da sua série, o que resultou na quarta posição (devido ao fator de desempate, “tempo treinos cronometrados”), no acumulado de todas as qualificações, para a grelha de partida da Final, com os mesmos pontos do segundo e terceiro.
Na derradeira corrida do dia e partindo da segunda linha da grelha, um bom arranque permitiu assumir a terceira posição desde a primeira curva, posição que apesar da intensa luta pela segunda posição, foi mantendo ao longo de toda a Final, alterando-se apenas com a idas à Joker Lap. Até aqui, tudo parecia estar a correr dentro do plano delineado pela equipa, mas eis que, uma ultrapassagem mais forçada, nos últimos metros antes da bandeira do xadrez, encetada pelo concorrente que seguia na quarta posição, conduziu a um inevitável pião, que culminou com outro kartcross a bater violentamente no Semog Bravo e a danificar irremediavelmente a direção, forçando assim a desistência.


Foi um desfecho inglório, para um dos principais animadores do fim de semana, em Montalegre e que promete voltar ainda mais forte para a última prova do Campeonato, agendada para os dias 14 e 15 de novembro, em Sever do Vouga.
Para a presente época, a equipa conta com os apoios de: A Oficina – Borgesport; Qbeiras Energia; JC Automóveis; Câmara Municipal de Nelas; Ana Mendes – Mediação Imobiliária; Officelan; Junta de Freguesia de Nelas; Caminhos Cruzados; Semog Racing; Maciça; Planus; Opção Atual – Consultores de Gestão; Auto Mecânica Ideal de Nelas – Posto GALP; Movsteel, arte em inox; Grafinelas; THD; Transportes Penacovense; News Motor Sports; Maxi Shocks; Artes & Letras, Papelaria; PauloPinto74 e Nuno Dinis Photos.

Alexandre Borges com foco no pódio para Montalegre

Com as contas do Campeonato de Portugal de Kartcross ao rubro, pilotos e máquinas, já se encontram em contagem decrescente para a próxima ronda, agendada para o fim de semana de 17 e 18 de outubro, no Circuito Internacional de Montalegre.
Muita emoção e adrenalina ao cronómetro, serão certamente os ingredientes a que este Campeonato nos tem habituado. Face às medidas de contenção do Covid-19, esta prova decorrerá sem a presença de público nas bancadas, estando o acesso ao Circuito, restrito apenas às equipas e com algumas limitações.
Uma das presenças confirmadas e que certamente será um dos protagonistas, depois do 3º lugar alcançado em Mação, é o piloto da NelaSport, Alexandre Borges, que parte para esta Prova com objetivos bem definidos. “Não tivemos um início de Campeonato fácil, em virtude de alguns contratempos que foram surgindo. Contudo, os acertos que temos vindo a realizar e que têm alterado o comportamento do Semog e a minha adaptação a ele, têm permitido melhorar os registos prova após prova, demonstrado que estamos no bom caminho. Por isso, é altura de ambicionar um pouco mais. Montalegre é um Circuito bastante rápido, onde não há margem para erros, mas estou bastante motivado para lutar pelo pódio e alcançar um bom resultado, para as contas do Campeonato”, refere Alexandre Borges.

Ler mais»

Alexandre Borges no pódio em Mação

Com os termómetros a rondar os 38ºC, a Vila de Mação foi brindada com uma excelente prestação do piloto nelense, na Final da 4ª ronda do Campeonato de Portugal de Kartcross, onde averbou, cumulativamente, o 3º lugar e a volta mais rápida, numa corrida alucinante e imprópria para cardíacos.
No entanto, nem tudo foram “rosas” para o piloto da NelaSport, que partia para esta jornada com aspirações em alcançar um bom resultado. “O meu “calvário” começou logo nos treinos livres, onde o motor do Semog Bravo começou a revelar alguma falta de potência, situação que não foi possível resolver no imediato e se voltou a repetir tanto nos treinos cronometrados, como na primeira corrida de qualificação”, confessa Alexandre Borges.
Com o problema mecânico solucionado, adivinhava-se trabalho extra para recuperar posições ao longo manhã de domingo. Mas “como uma desgraça nunca vem só”, na segunda corrida de qualificação e quando lutava pela segunda posição, um toque violento com o líder da corrida, que tinha acabado de fazer um “téte”, levou à desistência com a direção do kartcross partida. Para quem pensava que à terceira seria de vez, na última corrida de qualificação do dia, um toque na primeira curva e consequente pião, “arrumaram” a equipa para o décimo lugar da geral, bastante longe das aspirações iniciais.

Ler mais»

Alexandre Borges com motivação extra para Mação

É já no próximo fim de semana de 5 e 6 de setembro, que a Pista da Boavista, em Mação, recebe a 4ª Prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Kartcross, a cargo do Clube Automóvel de Mação.
Tal como aconteceu em Lousada e Castelo Branco, também esta prova decorrerá sem a presença de público nas bancadas, face às medidas de contenção do Covid-19, não estando ainda confirmada a transmissão em Livestream.
Com o Campeonato ao rubro, com três vencedores diferentes em três provas realizadas, Alexandre Borges, o piloto da NelaSport, vencedor dos treinos livres e cronometrados em Castelo Branco, será certamente mais um dos protagonistas a ter em consideração no fim de semana, numa Pista que tão boas memórias lhe traz, com a conquista da Taça de Portugal de Kartcross, em 2019.
“Num ano atípico como este, o facto de estar com um kartcross novo, necessitava de mais tempo de rodagem para um melhor conhecimento dos limites do mesmo, o que não tem sido possível, uma vez que não temos nenhuma pista nas proximidades de Nelas, para testarmos com mais rigor, os vários setups. No entanto e apesar desta limitação, temos vindo a melhorar os nossos resultados, como ficou patente nos cronos registados na última prova. Como sempre, estou motivado para procurar um bom resultado em Mação e apesar da Pista da Boavista, não ser a minha pista de eleição, não posso negar que o facto de ter vencido aqui a Taça, no ano passado, é uma motivação extra para esta Prova” refere Alexandre Borges.

Ler mais»

Alexandre Borges no top five em Castelo Branco

Nem os termómetros a rondar os 36ºC, impediram a caravana do Campeonato de Portugal de Kartcross, de brindar a Capital da Beira Baixa com um excelente espetáculo desportivo, com muita adrenalina e indecisões na classificação, até ao cair da bandeira de xadrez.
O jovem piloto da NelaSport, Alexandre Borges, foi um dos protagonistas que não passou despercebido, averbando logo no dia de sábado a volta mais rápida, tanto nos treinos livres, como nos treinos cronometrados, mostrando que teriam que contar com ele para as contas finais.
Nas duas corridas de qualificação de sábado, voltou a rodar entre os mais rápidos, terminado em 3º tanto na Q1, como na Q2, da série A, fechando o dia na 5ª posição, após o somatório das duas séries. No dia de domingo, na 3ª e última corrida de qualificação, antes da final, arrancou forte, assumindo a 2ª posição ainda na primeira volta, no entanto um pião na transição terra/asfalto e um furo a duas voltas do fim, não permitiram ir além da 4ª posição na Q3.

Ler mais»

Alexandre Borges em contagem decrescente para Castelo Branco

Após o desconfinamento em Lousada, pilotos e máquinas, já se encontram a ultimar os preparativos para a 3ª Prova pontuável do Campeonato de Portugal de Kartcross, a cargo da Escuderia de Castelo Branco, no próximo fim de semana de 01 e 02 de agosto, no Parque de Desportos Motorizados da Reta do Lanço Grande.
Tal como aconteceu em Lousada, também esta prova decorrerá sem presença de público nas bancadas, face às medidas de contenção do Covid-19, encontrando-se assegurada a transmissão das corridas de qualificação em Livestream, estando ainda a decorrer negociações para a transmissão em direto na TV, das finais, agendadas para a tarde de domingo.
O piloto nelense, Alexandre Borges, é uma das presenças confirmadas na Capital da Beira Baixa, onde será certamente mais um dos animadores no Kartcross, num fim de semana que promete novamente, muita adrenalina e competição ao cronómetro.
“Apesar de ainda estar à procura do setup ideal para esta nova viatura, face ao meu estilo de condução, vamos para Castelo Branco com o objetivo de lutar pelos lugares cimeiros. Não será certamente uma tarefa fácil, visto que esta época o Kartcross está com um lote de pilotos muito fortes, onde as decisões têm sido ao centésimo de segundo, o que obriga a reduzir a margem de erro, praticamente a zero. Por outro lado, as temperaturas previstas a rondar os 36ºC, serão um fator penalizador tanto para pilotos como máquinas. Vamos ver como corre, mas como sempre, irei dar o meu melhor em pista, procurando averbar um bom resultado”, afirma Alexandre Borges.

Ler mais»

Alexandre Borges 9º em Lousada

Alexandre Borges e a Nelasport, saíram de Lousada com o 9º lugar da geral, resultado que foi o possível, face às contingências da 1ª corrida de qualificação de sábado e que para quem assistiu ao desenrolar da prova, em nada reflete o andamento imposto pelo piloto nelense.
Certamente não era este o resultado que a equipa tinha em mente para esta prova, que marcou o regresso do Campeonato de Portugal de Kartcross. Após o 7º lugar nos treinos cronometrados, onde se juntou ao restrito grupo de pilotos a conseguir rodar no segundo 36, nesta fase da prova, o ânimo da equipa estava em alta. No entanto, na 1º corrida de qualificação de sábado e quando já rodava na segunda posição da sua série, um toque de outro piloto, provocou um furo na roda traseira, o que obrigou o piloto a baixar de ritmo, “arrumando” a equipa para 22º da geral, deitando assim por terra, as aspirações da equipa.
O dia de domingo, nas 2ª e 3ª corridas de qualificação, foi correr atrás do prejuízo, terminando em 4º e 2º respetivamente, da sua série, o que permitiu recuperar 11 posições, garantindo assim o acesso direto à Final A.

Ler mais»

Alexandre Borges prepara desconfinamento em Lousada

Após a interrupção forçada do Campeonato de Portugal de Kartcross, pilotos e máquinas já se encontram em contagem decrescente para o regresso da competição, no próximo fim de semana, de 11 e 12 de julho, em Lousada. Sem presença de público nas bancadas face à covid-19, mas com transmissão em streaming garantida e com as finais a serem também transmitidas em direto, através do canal “A Bola TV”, o Eurocircuito da Costilha, marcará o arranque do desconfinamento do Campeonato 2020.
Com uma lista ibérica de inscritos extremamente bem “recheada”, com 27 pilotos no kartcross, emoção e adrenalina, estão mais que garantidas e que certamente vão ditar várias decisões ao milésimo de segundo.

Ler mais»

Início inglório em Sever do Vouga

Foto: newsmotorsports.com

Desalento, é a palavra que melhor descrevia o sentimento de toda a equipa da NelaSport, no final da primeira Prova do Campeonato de Portugal de Kartcross, em Sever do Vouga.

“Nada fazia prever este início inglório. Toda a nossa estrutura trabalhou afincadamente, para começar da melhor forma esta nova época, mas com o motor a ceder, logo no princípio dos treinos cronometrados, toda a nossa prestação ficou comprometida. Ainda tentámos trocar de motor, para conseguir participar na primeira corrida de qualificação, mas foi impossível. O tempo foi escasso, apesar de todo o esforço da nossa assistência. A partir deste momento, foi correr atrás do prejuízo!
Apesar das condições meteorológicas não serem as mais favoráveis, nas corridas de qualificação seguintes e partindo sempre do último lugar da grelha, em virtude de não termos participado na primeira qualificação, conseguimos recuperar várias posições em apenas seis voltas ao Circuito, nomeadamente sete na Q2 e seis na Q3. Infelizmente esta boa recuperação, não foi suficiente para garantir a nossa presença na Final, visto que as novas alterações introduzidas no Regulamento de 2020, penalizam significativamente, a não participação numa das corridas de qualificação. As corridas têm estes imprevistos impossíveis de controlar. Ficam os dados recolhidos para analisar calmamente no seio da equipa e preparar tudo, para voltarmos mais fortes para Lousada”, desabafa Alexandre Borges.

Ler mais»

Alexandre Borges presente na abertura do Campeonato

Pilotos e máquinas, já se encontram em contagem decrescente, para o arranque do Campeonato de Portugal de Kartcross, agendado para o próximo fim de semana, de 7 e 8 de março, na Pista do Alto do Roçário, em Sever do Vouga.
A presença de várias viaturas novas, de última geração, marcará certamente a edição de 2020, onde tudo aponta para que seja uma das mais competitivas dos últimos anos. Muita emoção e adrenalina, continuarão a ser um dos pratos principais desta modalidade, que certamente promete muita luta ao cronómetro, pelos lugares mais altos do pódio.
Uma das presenças confirmadas e que seguramente será um dos protagonistas do Campeonato, é o piloto da Nelasport, Alexandre Borges, que após ter terminado com chave de ouro, a época de 2019, com a conquista da Taça de Portugal, apresenta-se ao volante de um competitivo Semog Bravo Sport.
“Só recebemos a nova viatura recentemente, por isso temos estado a trabalhar em conta-relógio para ultimar tudo para Sever do Vouga, impedindo-me de testar como pretendia, visto ser um kartcross completamente diferente em termos de comportamento em pista. É preciso tempo e treinos para conhecer os seus limites, contudo estou bastante motivado para este regresso à competição e como sempre, vou dar o melhor em pista e tentar lutar pelos lugares do pódio, apesar de saber que não será tarefa fácil. Este ano, temos um lote muito grande de pilotos, que também se vai apresentar com máquinas novas. O objetivo é começar o Campeonato com o pé direito. Vamos ver como corre!”, refere Alexandre Borges.

Ler mais»